• Rodrigo Ghiggi

Procon-SP multa Volkswagen em R$ 8,3 milhões por fraude de emissões na picape Amarok - Motor turbodi


O Procon-SP aplicou à Volkswagen uma multa de R$ 8.333.927,79 por ter instalado em 17.057 unidades da picape Amarok o software que manipula os testes de emissões feitos em laboratório. Modelos produzidos entre 2011 e 2012 possuem o dispositivo que altera as emissões de nitrogênio durante a realização de testes de medição de poluentes. Há poucas semanas, a montadora comunicou que fará recall da caminhonete em 2016, para retirada do módulo fraudulento.


A multa aplicada pelo Procon-SP tem como base os artigos 39, inciso VIII e 37, parágrafo III, do Código de Defesa do Consumidor. Estes sujeitam a empresa às punições previstas nos artigos 56, inciso I, e 57.


O software está instalado em mais de 11 milhões de veículos do grupo Volkswagen comercializados no mundo e foi descoberto em setembro pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos. Os motores 2.0 turbodiesel, da família EA 189, são equipados com um dispositivo capaz de identificar quando o carro está em testes, emitindo menos poluentes que em situação real.

#dieselgate #advogadoemlages #advogadolages #volkswagen #poluição #direitoambiental #direitoconsumidor #cdc

3 visualizações