• Notícia ao Minuto

Falência histórica Daco e Continental fecham as portes e deixar funcionários sem salários e rescisão


Nesta segunda (15), cerca de 2 mil funcionários da fabricante de fogões e geladeiras Mabe ocuparam duas unidades da empresa nas cidades de Campinas e Hortolândia, interior de São Paulo. Na semana passada, a Justiça de São Paulo decretou a falência da companhia no Brasil. A Mabe é uma multinacional com sede no México. Segundo "O Globo", desde dezembro passado, a empresa deixou de produzir peças das marcas Dako e Continental.

"Os trabalhadores iniciaram um movimento de resistência nas portarias das fábricas para impedir qualquer tentativa de retirada de máquinas e equipamentos por parte da empresa", diz nota do sindicato.

Em 2013,a Mabe Brasil entrou com pedido de recuperação judicial e o plano de reestruturação foi aceito pela Justiça. Em dezembro passado, no entanto, o administrador judicial que acompanhava o cumprimento do plano de reestruturação apresentou à Justiça pedido de falência da empresa após verificar que a proposta não estava sendo cumprida.

A Mabe suspendeu suas atividades no dia 18 de dezembro e concedeu férias coletivas aos funcionários. A data de retorno prevista era o dia 18 de janeiro, mas isso não aconteceu, por intervenção do sindicato, já que os funcionários não haviam recebido salários.

Ainda segundo "O Globo", a Mabe possui dívidas de R$ 19,2 milhões com serviços contratados e R$ 4,5 milhões com fornecedores de matérias-primas. Por telefone, um responsável pela segurança da Mabe informou que nâo há expediente desde dezembro e que a companhia está em recesso.

#advogadosantacatarina #advogadoemlages #advogadosc #advogadolages

5 visualizações